Como Aprender a Escrever Textos em Francês

Gosta de escrever?

E de aprender francês?

Então, por que não fazer as duas coisas?

Afinal de contas, escrever corretamente é ótimo para chegar à fluência.

Mesmo que a escrita criativa não seja exatamente a sua praia em português, faça-o como um hobby em francês, isso vai ajudar a aperfeiçoar suas habilidades com o idioma.

Mas se você é um escritor experiente ou está apenas começando, a escrita criativa em francês não é apenas boa para essas habilidades — também pode ser muito prazerosa e divertida!

Agora, vamos olhar dicas de como você pode começar com o básico e ir trabalhando para praticar, e ao final conseguir criar seus próprios contos em francês.

Pode parecer intimidante, mas é uma das melhores maneiras de imergir na língua, então, faça esse exercício com coragem e confiança, pois tudo lhe servirá como boa experiência.

Mas, porque é mesmo que a prática da escrita de textos em francês é muito importante para a fluência?

 

textos em frances

 

A Importância das Habilidades da Escrita Contínua

Você pode até duvidar de como são importantes as habilidades de escrita no mundo moderno, mas é importante saber que a moderna sociedade francesa testa você com relação às suas habilidade na escrita. Eis alguns exemplos:

 

1 – O fenômeno da Grafologia

Mesmo com o crescente uso de computadores, a escrita em papel continua sendo muito importante na França. Na verdade, é tão importante, que muitos empregadores usam como uma ferramenta para aprender mais sobre seus empregados. Como parte de uma prática pseudocientífica conhecida como Grafologia, os potenciais candidatos enviam cartas manuscritas para determinar traços psicológicos que a sua caligrafia mostra.

 

O FRANCÊS LEVA CARTAS A SÉRIO!

Até recentemente, era considerado muitas vezes mais educado enviar cartas manuscritas de motivação do que digitadas ao procurar um emprego.

Observe estas linhas de uma carta:

Veuillez agréer, (Madame, Monsieur), l’expression de mes sincères salutations.

(Por favor, aceite, [senhor ou senhora], a expressão de meus sinceros cumprimentos.)

Esta formalidade prolixa, chamada de uma formule de politesse (fórmula de cortesia), é um dos pilares da comunicação formal em francês — longe de nosso simples “De” ou “Atenciosamente”!

 

Maneiras Fáceis Para Começar a Melhorar Sua Escrita em Francês

Pode-se dizer que o francês escrito é uma obra de arte. Os modelos floridos de correspondência de negócios franceses como o acima citado, confirmam, até certo ponto, que os franceses sentem o mesmo. A escrita francesa assumiu uma espécie de sofisticação metropolitana, muitas vezes não encontrada em outras línguas. Não é de admirar que muitas empresas usem palavras francesas, geralmente em alguma fonte chique, para fazer anúncios.

Suponho que você está mais interessado em escrever em francês do que passivamente apreciar a escrita, no entanto, você precisa descobrir o que e como escrever. Aqui estão algumas ideias para te aquecer.

 

Acompanhe o seu progresso com um bloco de notas (físico ou digital)

Instrutores de língua frequentemente acrescentam um diário escrito em seus currículos, porque ele permite que os alunos vejam seu aprimoramento em tempo real. A escrita é pessoal, então você pode experimentar com estruturas mais complicadas, sabendo que não vai ser criticada. Pense nisso: você mesmo pode escrever um diário sobre suas aventuras na aprendizagem do francês.

 

Participe de fóruns de francês

Seções de fóruns e comentários on-line são uma ótima maneira de praticar escrevendo sobre um assunto que você está interessado. Também há pouco interesse dos participantes em fazer críticas à escrita dos outros. O que realmente prevalece é a argumentação sobre o assunto comentado. Portanto, quanto mais regulares forem suas participações nesses fóruns, melhor ficará sua escrita e argumentação em francês.

Você também pode frequentar os fóruns de francófonos em sua área de especialidade, que são uma ótima maneira para ampliar sua rede internacionalmente e aprender a língua francesa em seu campo de atuação.

 

Tente escrever poesia

Poesia ensina não apenas a escrever em francês, mas vai te fazer se sentir confortável em lidar com a língua. Esta é sua chance de sair dos exercícios repetitivos e realmente experimentar o idioma. Tente ler sobre poesia francesa e depois escrever algumas das suas próprias usando rimas, jogos de palavras, etc.

Uma parte importante do aprendizado da língua é tomar posse dela. A poesia francesa, que tem tido uma presença dominante desde os tempos medievais. Então, junte-se a Molière, Baudelaire, Hugo e outros. Eu realmente acho esta tarefa fácil, porque muitas palavras tem a mesma terminação em francês.

 

O Próximo Passo: Escrever Contos – Aprenda Como Funciona a Narração em Francês

Este é um projeto e não apenas uma tarefa. Acredite, é dos mais prazerosos. Vamos ver abaixo algumas dicas sobre a escrita de contos franceses.

Narrar uma história em francês envolve uma tecelagem de diferentes tempos verbais. O mesmo é verdadeiro em português, não é mesmo? Mas fazemos isso instintivamente, portanto, não é um problema.

Isto será fundamental para aprender a usar o tempo certo na hora certa. Caso contrário, sua escrita perderá seu significado.

Para definir a cena, use o verbo no imparfait para descrever as coisas que estão acontecendo, ou as características dos participantes, como a principal ação está ocorrendo.

Já os principais eventos na linha do tempo da história podem ser narrados no passé composé ou com o passé simples. Em alguns casos, este tipo de narração pode empregar o présent. A narração pode ser no presente ou no passado dependendo do ponto de vista do narrador.

Vejamos esta frase como exemplo:

Alors que le roi se promenait dans son jardin, un gland est tombé sur sa tête.

(Como o rei estava andando em seu jardim, uma bolota caiu sobre sua cabeça.)

Observe como se promener está no imparfait, mas tomber está no passé composé. O rei andando é “parte do cenário”, e a bolota caindo é o principal evento na narração. Este é apenas um exemplo de narração em francês. Livros inteiros poderiam ser escritos sobre isto.

 

Mais especificamente, aprenda o passé simples

Se quisermos ser exigentes, ao invés de usar o passé composé, vamos lançar mão do passé simples quando narrando os principais acontecimentos.

Nossa frase transforma-se em:

Alors que le roi se promenait dans son jardin, un gland tomba sur sa tête.

Na escrita francesa, o passé simples pode tomar o lugar do passé composé (a menos que seja uma citação da fala de alguém). É uma maneira muito mais econômica de narrar, embora muitas vezes não seja ensinada por professores de francês.

 

Amplie seu vocabulário com o uso ativo

Conhecer sua audiência é tão importante quanto usar bem o tempo dos verbos. A maneira de contar uma história, especificamente o vocabulário usado, difere entre, digamos, histórias infantis, romances adultos jovens e outros tipos de escrita.

Escrever um conto é uma ótima maneira de aprender vocabulário, porque você coloca esse vocabulário em uso ao invés de só ler. Um bom escritor atribui vocabulário a diferentes personagens, dependendo da idade, plano de fundo, etc. Lembre-se: a língua francesa é muito mais variada e ampla do que os restritivos glossários de livros didáticos vistos em escolas tradicionais de idiomas.

 

Use os recursos online para começar

Se você tem ideias, mas não tem certeza de como colocá-las no papel, há muitos recursos online para ajudar você. Aqui estão algumas maneiras para ajudá-lo a usar estes recursos.

 

  • Tente fóruns franceses de escrita colaborativa.

O simples ato de contribuir em fóruns vai melhorar a sua escrita. Mas, certos fóruns, como o De Plume en Plume ou Le Monde de L’Écriture, permitem que você realmente poste contos para revisão em troca de rever o trabalho de outras pessoas.

O comentário pode incluir qualquer coisa que o ajude a terminar sua história, sejam correções gramaticais, críticas ou ideias de como prosseguir. Esses sites também propõem exercícios escritos, tais como a escrita colaborativa ou proposta como “Descreva um jardim em menos de 100 palavras.”

 

  • Confira concours de nouvelles.

Muitos anfitriões franceses, bibliotecas, universidades e municípios, promovem concursos de escrever chamado concours de nouvelles (literalmente “concurso de contos”), onde as pessoas podem apresentar um texto. Alguns têm condições para a participação (por exemplo, os participantes devem ter uma certa idade, viverem em uma região, etc.), mas outros, como Achève-moi, estão abertos a qualquer um.

Geralmente, concursos são sobre cenários específicos, tais como escrever uma história baseada em uma simples foto ou completar um trabalho inacabado. Além disso, você pode deixar sua imaginação voar. Bonnes Nouvelles fornece uma lista de competições, para você se inscrever.

 

Dicas Para Aperfeiçoar Ainda Mais Suas Habilidades de Escrita

Como você escreve suas próprias histórias, existem pequenas medidas que você pode tomar para se motivar. Mas, entenda que são apenas minhas próprias dicas, que podem ou não funcionar com você. Você precisa se conhecer e criar as suas próprias dicas. Quem sabe você não contribui com todos através das suas próprias dicas?

 

Coloque novas palavras para uso imediato

Você provavelmente já está lendo francês diariamente (ou pelo menos deveria!). Quando você se deparar com palavras novas, procure seus significados e, mais importante, procure usá-las. Isso vai fazer com que sua memória encaixe essas novatas em uma gaveta acessível. Sempre à mão. Mas, cuidado, pois o Francês é conhecido por seus muitos sinônimos. O truque é variar seu vocabulário e familiarizar-se com novos campos lexicais para que suas habilidades de escrita e linguagem permaneçam sempre frescas.

 

Não use o dicionário muitas vezes

Se você não pode pensar em um sinônimo para cada palavra, tudo bem. Mas, você não pode apenas usar as palavras que você conhece. Então tente falar, andando por ai, palavras que você não conhece o significado, porém, ficou com elas no pensamento. Afinal, é o que você faz quando fala. Somente se isso for impossível, você deve usar um dicionário.

Tenha em mente que mesmo se você conhece uma palavra, mas não sabe o seu gênero e ortografia. Às vezes é possível adivinhar a grafia pela pronúncia e os gêneros podem ser inferidos a partir de palavras semelhantes, mas muitas vezes você só tem que memorizar. Esta é a melhor estratégia, além de muitas vezes ser divertida.

 

Escrever uma curta passagem primeiro e, em seguida, verifique a sua gramática

Não quer confiar em dicionários ou livros de gramática para verificar cada frase, mas ao mesmo tempo não quer esperar até que tenha acabado completamente um trecho de escrita para verificá-lo. Este é um dilema comum quando se está iniciando na escrita de qualquer idioma. Geralmente você deve escrever aproximadamente um parágrafo, em seguida, verifique antes de passar novo trecho. Isto lhe permitirá aprender com seus erros em tempo real, enquanto não utiliza recursos de aprendizagem como uma muleta, sem se deixar depender de dicionários e manuais.

 

Vá em Frente e Escreva com Confiança!

Longe de ser nicho, o francês escrito tem uma presença dominante na literatura mundial (e, a propósito, o conto é um componente muito importante).

Você dificilmente vai encontrar uma criança francesa que não tenha lido “Le Petit Prince”(o Pequeno Príncipe), por exemplo. A Escrita tem estado no centro das grandes mudanças na sociedade francesa — tudo a partir de consumismo em massa do Georges Perec “Les Choses” até o multiculturalismo em “Un papillon dans la cité” por Gisèle Pineau, e mesmo através da revolução sexual de Françoise Sagan em “Bonjour Tristesse”.

Isso tudo feito por nativos, você pode pensar: não ser um falante nativo vai me impedir. Isso não impediu, tampouco atrapalhou o Milan Kundera, François Cheng ou Jonathan Littell, três excelentes exemplos de escritores não nativos e brilhantes.

Com uma maior consciência dos francófonos escrevendo combinado com alguma confiança que você tem que nutrir dentro de você, somando-se as dicas acima, o legado do francês escrito é todo seu para explorar! Mãos à obra!

 

Quanto a você!?

Você já escreveu algum texto em francês? Qual outra dica você acrescentaria a esta lista?

Avise-me, usando a seção de comentários abaixo.

Obrigada pela leitura e espero que tenham gostado deste artigo.

 

Inscreva-se usando o formulário abaixo para receber um Áudio Curso de Francês e ser avisado sobre os meus próximos artigos diretamente no seu e-mail.

 

 

Autora: Bianca Salvetti

Compartilhe Com Seus Amigos
/

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *